O imposto de importação do medicamento Spinraza, utilizado no tratamento da Atrofia Muscular Espinhal foi zerado pelo governo federal, de acordo com publicação do presidente Jair Bolsonaro nas redes sociais. Uma única dose do remédio chega a custar R$ 145 mil.

 

Essa atrofia é uma doença genética e rara que interfere na capacidade do corpo em produzir uma proteína essencial para sobrevivência dos neurônios motores. Por isso, os portadores do problema perdem força muscular aos poucos, até não conseguirem se mover, engolir e até respirar. O Spinraza estimula que um gene do corpo produza a proteína que falta nos doentes. Isso alivia os sintomas da atrofia.

 

Na publicação sobre a desoneração do imposto, o presidente ainda afirmou que a ação vai beneficiar crianças de até dois anos que tem a doença, pois a recomendação é que o tratamento com esse remédio comece de preferência, a partir dos primeiros meses de vida.

 

O Ministério da Saúde informou que devem ser aplicadas seis doses do medicamento na medula espinhal do paciente no primeiro ano de tratamento. A partir do segundo ano, são três aplicações anuais, mas o uso do Spinraza e o acompanhamento médico seguem por toda vida.

 

Desde o ano passado, o Serviço Único de Saúde disponibiliza esse medicamento nas farmácias de alto custo em todo o país. Os interessados precisam se dirigir a uma dessas unidades com o laudo médico, receituário e documentos para conseguir o remédio.
Dayana Vítor - Rádio Agência Nacional

Deixe seu Comentário